Como se proteger da inadimplência? + Dicas de Softwares de Cobranças

Inadimplência

A inadimplência pode ser um desafio para muitos negócios, mas existem estratégias que você pode adotar para se proteger e minimizar os impactos financeiros. Neste artigo, vamos compartilhar dicas práticas sobre como evitar a inadimplência de clientes e também apresentar alguns softwares de cobranças que podem facilitar a gestão financeira do seu negócio.

O que é um cliente inadimplente?

Em primeiro lugar, um cliente inadimplente é aquele que não cumpre com suas obrigações financeiras e deixa de efetuar os pagamentos acordados dentro do prazo estabelecido. Essa falta de pagamento pode ocorrer em relação a produtos adquiridos, serviços contratados ou qualquer outra forma de transação comercial.

A inadimplência pode trazer consequências negativas para as empresas, como impacto no fluxo de caixa, dificuldades para honrar compromissos e até mesmo prejuízos financeiros. Por isso, é essencial para as empresas adotarem estratégias eficientes para lidar com a inadimplência e minimizar seus impactos.

Sugestões para se proteger da inadimplência

1. Estabeleça políticas claras de pagamento

Defina prazos, condições e formas de pagamento em seus contratos e políticas de venda. Certifique-se de que seus clientes estejam cientes das obrigações financeiras e dos possíveis encargos em caso de atraso ou não pagamento.

2. Faça uma análise de crédito

Antes de fechar negócio com um cliente, faça uma análise de crédito para verificar a capacidade de pagamento e histórico financeiro. Isso pode ajudar a identificar potenciais clientes inadimplentes.

3. Emita faturas e lembretes de pagamento

Envie faturas claras e detalhadas aos seus clientes, destacando prazos e valores a serem pagos. Considere o envio de lembretes de pagamento antes e após a data de vencimento para manter a cobrança em dia.

4. Ofereça opções de pagamento

Quanto mais opções de pagamento você oferecer aos seus clientes, maior a probabilidade de receber pagamentos pontuais. Considere aceitar cartões de crédito, transferências bancárias, boletos e outras formas de pagamento populares.

5. Estabeleça um processo de cobrança eficiente

Defina um processo claro e consistente para lidar com a inadimplência. Estabeleça prazos para envio de notificações, realize contatos telefônicos e envie cartas de cobrança quando necessário. Mantenha registros detalhados de todas as interações.

6. Implemente políticas de renegociação

Em situações de dificuldades financeiras dos clientes, considere oferecer opções de renegociação de dívidas, como parcelamentos ou descontos especiais. Essa abordagem pode ajudar a manter o cliente e recuperar os valores em atraso.

7. Monitore de perto as contas a receber

Mantenha um acompanhamento regular das contas a receber, verificando os pagamentos em atraso e agindo prontamente para cobrá-los. Utilize relatórios e ferramentas dos softwares de cobranças para facilitar o monitoramento e identificar possíveis problemas.

Softwares de cobranças que podem ajudar a evitar a inadimplência

Aqui na Legis já usamos algumas plataformas de cobranças para dificultar que ocorra a inadimplência. Algumas que são mais conhecidas e que indicamos são:

ContaAzul

O ContaAzul é uma empresa de software brasileira que desenvolve e vende uma plataforma de gestão de negócios, inteiramente em nuvem. Tendo como foco, micro e pequenas empresas com uma extensão para escritórios contábeis, oferece recursos de gestão financeira, emissão de boletos, controle de contas a receber e atrasos de pagamentos, facilitando o acompanhamento das finanças da empresa.

Asaas

Tendo como foco na automação da gestão financeira e de cobranças para empresas, o Asaas é uma fintech permite a emissão de boletos e cobranças recorrentes, oferecendo opções de pagamento por cartão de crédito, débito automático e boleto.

CobreFácil

A CobreFácil é uma fintech especializada em gestão de cobranças por boleto e cartão de crédito. Desse modo, ela ajuda a automatizar a gestão de cobranças, oferecendo recursos como emissão de boletos, envio de lembretes de pagamento e conciliação bancária.

Sistema de cobrança do próprio banco

Muitos bancos disponibilizam sistemas de cobrança integrados, que permitem a emissão de boletos e o controle de recebimentos diretamente pela plataforma bancária.

Como exemplo, têm-se o Sicoob, que possui uma integração que emite boletos por meio do sistema próprio da empresa, o Banco Inter que lançou recentemente um sistema de cobranças e o Cora, uma outra indicação de banco com essa experiência.

Conclusão

Ao utilizar esses softwares de cobranças, você terá mais eficiência na gestão financeira, poderá automatizar processos de cobrança, acompanhar pagamentos e facilitar a conciliação bancária.

Lembre-se de que a prevenção é fundamental para evitar a inadimplência, mas caso ocorra, é importante agir de forma ágil e assertiva na cobrança. Com as dicas mencionadas acima e o auxílio dos softwares de cobranças, você estará melhor preparado para lidar com a inadimplência e proteger o seu negócio.

Nos ajude a fazer essa informação chegar a mais pessoas. Compartilhe esse post nas suas redes sociais:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale com um advogado

Preencha o formulário abaixo e receba nosso contato personalizado:

relacionadas.

Inscreva-se gratuitamente e receba nossos posts!

A Legis Marcas e Patentes precisa das informações de contato que você nos fornece para comunicar informações sobre produtos e serviços. Você pode deixar de receber essas comunicações quando quiser. Para obter mais informações, confira nossa Política de Privacidade.

posts relacionados.

Registro de Marca: Escolher Especificação Pré-aprovada ou Livre?

Descubra as diferenças entre especificação pré-aprovada e de livre preenchimento no registro de marcas e como escolher a melhor opção para proteger sua identidade empresarial no Brasil. Saiba mais sobre os processos e dicas práticas para um registro bem-sucedido.