Descubra como escolher o nome da sua empresa: 7 Dicas para seu negócio ter o nome ideal.

Siga essas 7 dicas e escolha de vez o nome ideal para a sua empresa.

Quando você pensa em fast-food, qual nome vem a sua cabeça? McDonalds? E refrigerante? Coca-Cola? Já deu para se ter uma ideia do que iremos abordar agora nesse artigo? 

Existem inúmeras fases no processo de criação da empresa, mas um dos mais importante, e algumas vezes negligenciado por muitos empreendedores, é o nome. 

Alguns pegam apenas o seu próprio nome e junta com o do seu sócio (quando tem) e pronto, está criado o nome da empresa. 

Não que isso seja errado em si mesmo, porém, antes de você colocar o seu nome na empresa precisa considerar algumas questões: 

  • Seu nome vende? 
  • Qual a relação do seu nome com os valores da marca? 
  • Seu nome conversa com o produto ou segmento?


Até onde vai a importância do nome? Veremos!

1. Qual será seu segmento? 

O primeiro ponto a ser tratado na hora da criação do nome é entender para qual segmento.

O nosso site é legismarcas.com.br, então, quando você vem até aqui, já sabe que não é uma loja ou e-commerce de móveis planejados. Nosso nome indica sobre o que falamos e qual público estamos interessados em atrair. 

Pense em um nome que melhor identifique seu empreendimento. 


2. Use palavras curtas

Use palavras curtas, de preferência que seja apenas uma palavra. 

Saiba que na hora da decisão, todas as opções possíveis já foram consideradas, buscando sempre a que melhor expressa as qualidades e o significado da marca que está em desenvolvimento. 


Nike, Google, Forbes e muitas outras empresas de sucesso têm nomes pequenos, pois é fácil lembrar. No Brasil a lógica continua sendo a mesma, as emissoras de televisão são um exemplo: Record, Globo e SBT. 

Você pode criar um nome com duas palavras, isso não fará com que o fracasso bata à porta, temos exemplos positivos como Casas Bahia, Guaraná Antarctica entre outras. Porém, precisa ser algo consciente e com justificativas plausíveis para a marca e o consumidor.

Lembre-se, o consumidor deve ser considerado desde a primeira etapa até a última do processo de criação de uma empresa. 

3. Lembre-se, pronúncia fácil sempre!

Ninguém deseja falar errado, se sua empresa tiver um nome muito difícil de ser pronunciado, saiba que os consumidores podem evitar pronunciá-la, perdendo desta forma o boca-a-boca. 

Ter nome fácil também ajudará na hora do domínio do seu site, resultando em mais cliques do que um nome complexo. A menos que você esteja focando no público de escolaridade Phd, seu nome deve ser o mais simples possível e sofisticado ao mesmo tempo.

Uma pessoa com uma escolaridade comum deve ser capaz de pronunciá-lo e até escrevê-lo sem medo de errar.


4. Faça um Brainstorm com sua equipe

O nome não pode ser bom apenas para você, saiba como ele funciona através da ótica de outras pessoas. Caso já tenha funcionário, pare um momento do expediente e faça uma reunião. 

No Brainstorm não há espaço para repressão de ideias, ela pode surgir do local mais inusitado possível. 

Se não tem funcionário, mas já conta com sócio(s), marque um dia e criem o nome. Não esqueça de sempre olhar a marca como já atuando no mercado. 

A última opção é se você for um empreendedor lobo solitário. Ainda que você confie muito no seu intelecto e se ache capaz de fazer tudo sozinho, não faça isso, ainda mais com algo tão importante como o nome.

Chame amigos e familiares que você confie. 

É importante que as pessoas envolvidas nesse processo se relacionem com seu público-alvo, então se a empresa for de roupas para mulheres com determinado peso, chame amigos e familiares que se encaixem no nicho de mercado.

Use o Brainstorming para criar o nome da sua empresa


5. Criatividade é tudo! 

Deixe sua mente sair da zona de conforto, faça seu melhor e busque profissionais qualificados que te ajudem nesta etapa. Calma, caso você não tenha dinheiro para uma consultoria, os livros sempre estão lá para te ajudar. 

O processo criativo precisa sempre ser estimulado, até hoje não conheço um método melhor para aguçar a criatividade do que a leitura de livros, revistas e jornais. 

Quando falo de leitura, não precisa ser só da sua área de atuação, muitas vezes a ideia pode surgir no momento em que você estiver lendo uma fantasia ou até mesmo um conto infantil para seu filho. 

6. Não se prenda ao tempo

Seu filho ter nome Enzo é aceitável, é um dos nomes mais registrados nos últimos anos. Ainda que esse possa ser o caso de recém-nascidos, não poderá ser assim na sua empresa. 

A última coisa que você deseja é ter sua marca associada a alguma data, a menos que seja um Banco do Brasil que existe desde o Brasil Império e está ligado a tipos de serviço que exijam tradição. 

Agora, uma empresa ficar presa ao tempo para depois ser taxada como ultrapassada é o pesadelo de qualquer empresário, é assinar um termo de validade para seu negócio. 

Então, fuja agora mesmo dos modismos e busque a sensatez nesta etapa que é de suma importância para o seu empreendimento.


7. Não tenha medo do inusitado

Você pode abrir vários sites e ler vários livros que te direcionam na melhor maneira de se criar o nome perfeito para o seu negócio, só nunca se esqueça que o negócio continua sendo seu. 

Talvez o nome em que você pensa seja inusitado, mas não fere nenhuma regra deste post e dos especialistas no assunto, então não há nada que lhe impeça em adotá-lo.

Pense no seu target, no mercado e faça! 

[BÔNUS] Não esqueça de verificar a disponibilidade e Registrar! 

Evite processos futuros, ainda mais para um negócio que está apenas começando, veja se o nome está disponível, se sim, faça logo o registro. 

Quando o registro é feito, você tem toda a segurança jurídica por detrás do seu negócio, seja ele físico ou digital. 

O registro de marcas e patentes são fundamentais para sua empresa. Entender como funciona e suas etapas é fundamental! 

Nos ajude a fazer essa informação chegar a mais pessoas. Compartilhe esse post nas suas redes sociais:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale com um advogado

Preencha o formulário abaixo e receba nosso contato personalizado:

relacionadas.

Inscreva-se gratuitamente e receba nossos posts!

A Legis Marcas e Patentes precisa das informações de contato que você nos fornece para comunicar informações sobre produtos e serviços. Você pode deixar de receber essas comunicações quando quiser. Para obter mais informações, confira nossa Política de Privacidade.

posts relacionados.

Registro de Marca: Escolher Especificação Pré-aprovada ou Livre?

Descubra as diferenças entre especificação pré-aprovada e de livre preenchimento no registro de marcas e como escolher a melhor opção para proteger sua identidade empresarial no Brasil. Saiba mais sobre os processos e dicas práticas para um registro bem-sucedido.